CRISE DAS LICENCIATURAS? Geografia em contexto

Wagner Alceu Dias

Resumo


Este trabalho tem como objetivo central polemizar as políticas públicas caracterizadas como neoliberais na educação, especificamente no estado de Goiás, no contexto da chamada “crise da licenciatura”, relacionando-a ao índice de procura pelo curso de Geografia. Para que se tenha uma coesão quanto à ideia principal, a estrutura se fez mediante a distribuição de três itens que se complementam na medida em que as conclusões se consolidam como resultado da pesquisa. Na abordagem priorizou-se o curso de geografia no estado de Goiás como base empírica, para sustentar as conclusões. O primeiro item tratou de esboçar a relação existente entre Estado e educação. No segundo item, foi prioridade fazer uma relação entre as ideias neoliberais e seus reflexos na educação. Para finalizar, o último item, avançou em tratar especificamente da baixa procura de estudantes pelo curso de geografia no contexto das políticas neoliberais. Com premissa em ostentar uma análise crítica da atuação do Estado no sistema de ensino, a presente pesquisa apontou como conclusão indicativos que se manifestam na irregularidade da distribuição dos cursos superiores que, por conseguinte, produzem uma concorrência, determinada pelo interesse do capital. 

PALAVRAS-CHAVE

Licenciatura, Geografia, Estado, Neoliberalismo, Educação.


CRISIS OF BACHELOR’S DEGREES? Geography in context

ABSTRACT

The main purpose of this paper is to polemize the neoliberal public policy in education, specifically in the State of Goiás, in the context of the called bachelor’s degree crisis, as well as relating it to the number of people who enters in universities to study geography. In order to have a coherent view of the main argument, it is structured in three major complementing topics consolidated as research results. The approach elected the Geography graduation course in the state of Goiás (Brazil) as the source of empirical foundation to support the conclusions. The first topic sketches the relation between State and Education. The second one establishes the relations of Neoliberal ideas and its impact on Education. Finally, the last topic considers the low demand for Geography graduation courses in the context of Neoliberal policies. With a view to develop a critical analysis of State action on the teaching system, the current study pointed to data that make clear the irregularity of the distribution of graduation courses, which, by its turn, produces competition determined by the capitalist sake.

KEYWORDS

Bachelor, Geography, State, Neoliberalism, Education. 


ISSN: 2236-3904

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO EM GEOGRAFIA - RBEG

www.revistaedugeo.com.br - revistaedugeo@revistaedugeo.com.br



Palavras-chave


Licenciatura, Geografia, Estado, Neoliberalismo, Educação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.