AUTORES E LIVROS DIDÁTICOS REGIONAIS DE GEOGRAFIA (1870 – 1910): elementos históricos e educacionais para uma espacialização do fenômeno

Maria Deusia Lima Angelo, Maria Adailza Martins de Albuquerque

Resumo


A discussão apresentada neste texto é resultado de uma pesquisa de mestrado, que tem como objetivo compreender o papel dos autores de livros didáticos na constituição da disciplina escolar Geografia. Nessa buscamos contribuir com os estudos acerca da história da Geografia escolar no cenário brasileiro. Como perspectiva teórico-metodológica, apoiamo-nos na história das disciplinas escolares, além de recorrermos a importantes elementos representativos do campo da cultura escolar, da história do livro, dentre outros aportes. Nossas reflexões remontam ao período entre as décadas de 1870 e 1910, tendo como base para nossas análises os LD de Geografia publicados no período, evidenciando os autores desses impressos. O recorte temporal retratado nesse estudo evidencia a ampliação da escolarização, sobretudo das escolas primárias para várias partes do território nacional, culminando em um aumento da produção de livros escolares nas diferentes províncias/estados. Neste contexto o projeto de construção de uma identidade nacional e de exploração do território eleva a disciplina Geografia a um lugar de destaque, inclusive, valorizando o estudo das províncias. Nesse sentido, recortamos para este artigo importantes elementos históricos, políticos e educacionais que direcionam o espraiamento da produção dos LD de Geografia no contexto das diferentes províncias/estados; uma espacialização desse fenômeno; o lugar social dos autores desses livros e os âmbitos de referência desses sujeitos.

Palavras-chave

Geografia escolar, Livro didático, Autores.

 

GEOGRAPHY REGIONAL TEXTBOOKS AND AUTHORS (1870 – 1910): spatialization through historical and educational elements

Abstract

The discursion presented in this work results from a master degree research that aims to understand the textbooks authors function in the constitution of Geography school subject. Here we seek to contribute with the studies of the history of Brazilian scholar geography. As a theoretical-methodological perspective, we rely on the history of school subjects, besides resorting to important representative elements of the field of school culture, of the social history and of the history of the book, among other contributions. Our considerations refers to the period between the 1870 and 1910. We based our analysis on Geography textbooks published in this period, giving evidence to these book authors. The temporal cut adopted in this study broadens the schooling, especially in primary schools to many parts of the national territory. This fact resulted in an increased production of textbooks in different provinces/states. In this context, the project of building a national identity and the territory exploration raises the Geography discipline and the site study to a place of prominence. Accordingly, this article discusses important historical, political and educational elements that drives the spreading of Geography textbooks production on the different provinces/states; a spatialization of this phenomenon; the social place of these textbook authors and their spheres of reference.

Keywords

Scholar Geography, Textbooks, Authors.

 

ISSN: 2236-3904

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO EM GEOGRAFIA - RBEG

www.revistaedugeo.com.br - revistaedugeo@revistaedugeo.com.br

Palavras-chave


Geografia escolar, Livro didático, Autores.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.