A DIALÓGICA ENTRE O CURSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA E O ESTÁGIO SUPERVISIONADO NAS ESCOLAS DE ENSINO FUNDAMENTAL

Paulo Roberto Florencio de Abreu e Silva, João Alyson Ribeiro de Carvalho, Helena de Barros Silva

Resumo


Este artigo tem como objetivo refletir dialogicamente as experiências vivenciadas no Curso de Geografia da Universidade de Pernambuco, a partir dos componentes curriculares de estágio Supervisionado I, II, III e IV, ao longo dos anos 2015 e 2016. Apontamos a importância dessa pesquisa no que cerne a reflexão das experiências vivenciadas no campo de estágio pelos nossos discentes, observando que a metodologia quali-quantitativa subsidiada nas investigações do ambiente escolar, permitiu aos entrevistados a exposição de opiniões, mensurando aspectos positivos e negativos relacionados à execução do estágio supervisionado. Nessa perspectiva, a formação do professor de Geografia deve contemplar atividades de estágio supervisionado. Não somente em decorrência do atendimento à legislação. Mas também pela possibilidade de articular os conhecimentos teóricos trabalhados na universidade com a prática efetiva no ambiente escolar da educação básica. Assim, a realidade obtida a partir das experiências vivenciadas pelos graduandos no campo de estágio pode ser o fator decisivo que possa garantir dialogicamente o entendimento da docência, e através da atuação dos discentes no curso de Licenciatura em Geografia na escola. Fato que proporcionou discussões holísticas acerca de metodologias sobre o ensinar na universidade e aprender nas escolas, bem como, tecerem subjetividades a respeito da realidade escolar.

PALAVRAS-CHAVE

Estágio Supervisionado. Ensino de Geografia. Formação do professor de Geografia.


THE DIALOGICAL BETWEEN THE COURSE OF GEOGRAPHY TEACHERS FROM THE UNIVERSITY OF PERNAMBUCO AND THE SUPERVISED INTERNSHIP AT THE FUNDAMENTAL SCHOOLS AROUND

ABSTRACT

This article has the goal to reflect dialogically on the experiences of the Geography Course at University of Pernambuco, based on the curricular components of supervised internship I, II, III and IV, throughout the years of 2015 and 2016. We consider the importance of this research in the reflection of the experiences lived in the field of internship by our students, observing that the qualitative and quantitative methodology subsidized in the investigations of the school environment, allowed the interviewees the exposure of opinions, measuring positive and negative aspects related to the supervised internship. In this perspective, the training of the Geography teacher should be a complement in the supervised internship. Not only due to compliance of the legislation. But also by the possibility to articulate the theoretical knowledge studied in the university with the effective practice in the school environment of basic education. Thus, the reality obtained from the experiences of the students in the internship can be the decisive factor to guarantee dialogically the understanding of the teaching and through the performance of the students in the Degree of Geography in the school, provided discussions about methodologies about teaching in the university and learning in schools, as well as, cause questioning about the school reality.

KEYWORDS

Supervised Internship. Geography Teaching. Geography teacher training.

 

ISSN: 2236-3904

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO EM GEOGRAFIA - RBEG

www.revistaedugeo.com.br - revistaedugeo@revistaedugeo.com.br


Palavras-chave


Estágio Supervisionado; Ensino de Geografia; Formação do professor de Geografia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.