LUGARES DE PROFESSORES: vivências, formação e práticas docentes nos anos iniciais do ensino fundamental

David Luiz Rodrigues de Almeida

Resumo


A resenha que aqui apresentamos compõem o trabalho de Pós doutorado do professor Antonio Carlos Pinheiro, disponível no livro “Lugares de professores: vivências, formação e práticas docentes nos anos iniciais do ensino fundamental” desde o ano de 2012. Trata a partir de uma análise da obra as narrativas e reflexões do autor sobre a realidade escolar. A ênfase recai sobre a vivência, formação e práticas docentes de quatro professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental, ideias baseadas em uma epistemologia da prática docente. Realiza-se a contextualização dos sujeitos entrevistados, sua formação escolar ao longo dos anos, entrada no magistério, questões de trabalho e suas dificuldades, de tal modo que garanta a apreensão dos leitores e a compreensão da importância da formação (continuada). A partir deste percurso, somos chamados a refletir sobre a estrutura e práticas que envolvem o espaço e tempo escolar, voltando-se a questões como gênero, avaliação, valorização da alfabetização e o aprendizado das operações matemáticas em detrimento de outras disciplinas como a Geografia. Neste contexto são demonstradas as rotas traçadas pelos professores, destacando a construção crítica de mundo como fator substancial para a formação de seus alunos, além de declararem dificuldades referentes às questões teóricas e metodológicas deste ensino.

 

ISSN: 2236-3904

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO EM GEOGRAFIA - RBEG

www.revistaedugeo.com.br - revistaedugeo@revistaedugeo.com.br


Palavras-chave


Vivência. Formação de professores. Prática docente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.