A CARTOGRAFIA NAS ESCOLAS DO ENSINO MÉDIO DO DISTRITO FEDERAL: reflexões acerca dos letramentos cartográfico e geográfico

Vânia Lúcia Costa Alves Souza

Resumo


A linguagem cartográfica conduz ao desenvolvimento do raciocínio espacial dos alunos e pode ser trabalhada além das aulas de geografia, como em projetos interdisciplinares que envolvem a comunidade escolar em diferentes cenários. No Distrito Federal, temos o Currículo em Movimento da Educação Básica estruturado na pedagogia de multiletramentos, que envolve a abordagem pedagógica dinâmica, a inclusão de textos semióticos, a comunicação digital em rede e as múltiplas culturas. Esse currículo é articulado pelos Planos Políticos Pedagógicos, que descrevem os projetos e as ações interdisciplinares desenvolvidos nas escolas ao longo do ano. Durante as atividades interdisciplinares, surgem as possibilidades para o desenvolvimento dos letramentos cartográfico e geográfico com a valorização dos diversos usos dos mapas presentes no cotidiano. Este artigo é fruto da pesquisa que investigou o papel da cartografia nas escolas públicas de ensino médio do DF no contexto dos multiletramentos A interpretação das informações contidas nos projetos que envolvem a geografia e a cartografia, descritas nos Planos Políticos Pedagógicos de 39 escolas, fundamentou a reflexão acerca dos diversos usos dos mapas no ambiente escolar e não escolar. Os resultados mostraram a ocorrência das práticas cartográficas trabalhadas em várias disciplinas nas diferentes abordagens.

PALAVRAS-CHAVE

Letramentos cartográfico e geográfico. Projeto Político Pedagógico. Ensino Médio. Raciocínio espacial. 


THE CARTOGRAPHY IN HIGH SCHOOLS
OF FEDERAL DISTRICT, BRAZIL: cartographic and geographic literacy on debate

ABSTRACT

The cartographic language leads to the development of students' spatial reasoning and can be worked beyond geography classes, as in interdisciplinary projects that involve the school community in different settings. In the Federal District, we have the Curriculum in Motion of Basic Education (Currículo em Movimento da Educação Básica) structured in the pedagogy of multiletramentos, which involves the dynamic pedagogical approach, the inclusion of semiotic texts, digital network communication and multiple cultures. This curriculum is articulated by the Pedagogical Political Plans, which describe the projects and interdisciplinary actions developed in schools throughout the year. During the interdisciplinary activities, the possibilities for the development of cartographic and geographic literacies arise with the valorization of the diverse uses of the maps present in the quotidian. This article is the result of the research that investigated the role of cartography in public high schools of the DF in the context of multiliteracy. The interpretation of the information contained in the projects involving geography and cartography, described in the Pedagogical Political Plans of 39 schools, reflects on the different uses of maps in the school and non-school environment. The results showed the occurrence of the cartographic practices that were worked on several disciplines in the different approaches.

KEYWORDS

Cartographic and geographical mapping. Political Pedagogical Project. High school. Spatial reasoning. 


ISSN: 2236-3904

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO EM GEOGRAFIA - RBEG

www.revistaedugeo.com.br - revistaedugeo@revistaedugeo.com.br


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.