O ENSINO DE GEOGRAFIA NA EDUCAÇÃO DE SURDOS: estudo de caso no Instituto Cearense de Educação de Surdos - ICES

  • Ana Karolina de Oliveira Sousa Programa de Pós Graduação em Geografia da UFC
  • Alexandra Maria de Oliveira UFC
Palavras-chave: Ensino de Geografia, Educação de Surdos, Cidade

Resumo

O ensino de Geografia na contemporaneidade tem procurado refletir sobre o papel da disciplina escolar em diversos contextos socioeducacionais. Ao pensar na educação de surdos, vemos que a realidade é mais complexa porque a surdez deixou de ser doença para ser o singular. No sentido de contribuir para os estudos sobre o ensino de Geografia na educação de surdos, a pesquisa, ocorrida no ano de 2014, teve como objetivo relatar de forma crítica a experiência desenvolvida no Estágio Supervisionado II com a educação de surdos e o trabalho com o ensino de geografia. O estudo de caso contou com estágio de vivência, observação participativa, entrevistas semiestruturadas e atividades em parceria com o professor. A partir da compreensão das necessidades das turmas, houve um trabalho de intervenção na sala de aula, com a aplicação do jogo “Geografia: imagens e conceitos”, visando contribuir com a dinâmica na construção dos conhecimentos geográficos presentes nos livros didáticos e no cotidiano dos alunos. No processo, ficou constatado que os alunos surdos do Instituto Cearense de Educação de Surdos (ICES) dialogam com a Geografia escolar com base na análise de imagens, na Língua Brasileira de Sinais (Libras) e na cultura surda, e que a utilização de jogos pedagógicos pode dinamizar positivamente as aulas de Geografia.

PALAVRAS-CHAVE

Educação de Surdos, Ensino de Geografia, Ceará.


THE TEACHING OF GEOGRAPHY IN DEAF EDUCATION: a case study in the Cearense of Deaf Education - ICES

ABSTRACT

The teaching of Geography in the contemporaneity has sought to reflect on the role of this school subject in various socio-educational contexts. When thinking about deaf education, the reality is more complex because deafness is no longer an illness, but the singular. In order to contribute to the studies about the teaching of Geography in deaf education, the research, carried out in 2014, aimed to report critically the experience developed in the II Supervised Internship with deaf education and the work with the teaching of geography. The case study addressed a stage of experience, participatory observation, semi-structured interviews and activities in partnership with the teacher. From the understanding of the groups of students' needs, there was a work of intervention in the classroom, with the application of the game "Geography: images and concepts", aiming to contribute with the dynamics in the construction of the geographical knowledge present in the textbooks and the daily life of the students. In the process, it was verified that deaf students of the Cearense Institute of Deaf Education (ICES) dialog with the school Geography based on the analysis of images, the Brazilian Language of Signs (Libras) and the deaf culture, as well as that the use of games can positively stimulate Geography classes.

KEYWORDS

Deaf Education, Teaching of Geography, Ceará.


ISSN: 2236-3904

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO EM GEOGRAFIA - RBEG

www.revistaedugeo.com.br - revistaedugeo@revistaedugeo.com.br

Biografia do Autor

Ana Karolina de Oliveira Sousa, Programa de Pós Graduação em Geografia da UFC

Mestranda do Programa de Pós Graduação em Geografia da UFC

Área Geografia

Alexandra Maria de Oliveira, UFC
Departamento de Geografia e área Geografia e Ensino
Publicado
2019-08-19