AULA DE CAMPO COMO UM ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM: aplicações a partir da Geografia do cotidiano e do custo zero

Otacílio Lopes de Souza Paz, Elaine de Cacia de Lima Frick

Resumo


A aula de campo se caracteriza como importante encaminhamento metodológico no ensino de Geografia, uma vez que os conhecimentos aprendidos em sala de aula podem ser estudados na realidade. O diálogo entre esses conhecimentos e a observação em campo necessita de uma mediação para execução, que considere os limites e possibilidades da escola e do professor. Objetiva-se neste trabalho propor um encaminhamento metodológico para a realização de aulas de campo dentro de uma Geografia do Custo Zero (encaminhamento metodológico de baixo custo), cujo o cerne da proposta se torna o entorno do espaço escolar (dentro de uma Geografia do Cotidiano). Para tal, foram realizados estudos de casos, onde a aplicação da proposta da prática pedagógica ocorreu em diversos contextos escolares, num total de 7 instituições de ensino, sendo 4 localizadas em Curitiba/PR e 3 em municípios da Região Metropolitana de Curitiba. As aulas de campo realizadas envolveram diretamente uma média de 25 estudantes por aula, totalizando 176 participantes em toda a aplicação. A proposta apresentou resultados satisfatórios, pois os estudantes tornaram-se atores no processo de ensino-aprendizagem, trazendo elementos essenciais para a discussão em sala de aula e sobretudo para a abordagem e estudo em campo, puderam perceber que àquilo que eles vivenciam em seu cotidiano apresenta uma relação geográfica, muitos passaram a valorizar ainda mais o seu espaço. Destaca-se que a aula de campo realizada no entorno da instituição de ensino, possibilitou além da relação entre teoria e prática, o fortalecimento das relações com o lugar. O tempo de execução da aula de campo somado ao baixo custo do processo são elementos que sustentam a eficiência e eficácia da proposta de encaminhamento metodológico apresentada.

Palavras-chave

Geografia, Recurso didático-pedagógico, Entorno do espço escolar, Prática pedagógica.


FIELD CLASS AS A METHODOLOGICAL REFERRAL IN THE TEACHING-LEARNING PROCESS: applications from geography of cost zero

Abstract

The field class is characterized as an important methodological Teaching of Geography, since the knowledge learned in the classroom Can be proven in empirical action. The dialogue between these Observation in the field requires mediation for implementation, which The limits and possibilities of the school and the teacher. It is also necessary that Proposals for methodological guidance have open licenses, Built with the goal of becoming open educational resources. Like this, The objective of this study is to propose a methodological Field classes within a Zero Cost Geography (Low-cost methodological referral), whose core of the proposal becomes the School space (within a daily life geography). To this end, Carried out in case studies, where the application of the pedagogical practice Occurred in several school contexts, in a total of 8 educational institutions, 5 located in Curitiba / PR and 3 municipalities in the Metropolitan Region of Curitiba. The field classes carried out directly involved an average of 20 Participants per class, totaling 190 participants in all applications. The proposal Presented satisfactory results in the teaching and learning process, as can be proven from the evaluation activities. The time of Execution of the field class plus the low cost of the process are elements that Support the efficiency and effectiveness of the methodological referral proposal Presented.

Keywords

Geography, Didactic-pedagogical resource, School environment, Pedagogical practice.


ISSN: 2236-3904

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO EM GEOGRAFIA - RBEG

www.revistaedugeo.com.br - revistaedugeo@revistaedugeo.com.br


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.