AS AULAS DOS ESTAGIÁRIOS DE GEOGRAFIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA: concepções e práticas

Willian Falcão Lopes, Maria Cleonice Barbosa Braga, Solange Lucas Ribeiro

Resumo


O presente artigo investigou as aulas desenvolvidas por estagiários de Geografia da UEFS na perspectiva de compreender a articulação entre as suas concepções teóricas e as práticas desenvolvidas no período de estágio de regência nas escolas, entre os semestres 2013.2 e 2014.1. Para tanto, foram desenvolvidos os seguintes procedimentos: levantamento e estudos bibliográficos sobre as concepções de ensino-aprendizagem; observação de seis aulas de cada uma das três duplas de estagiários participantes e entrevistas com 26 estagiários de Estágio Supervisionado em Geografia III. O estudo apoiou-se nas abordagens qualitativas de pesquisa, tendo como método o estudo de caso. A compreensão a que se chegou foi que a maioria dos estagiários investigados afirmam desenvolver um ensino construtivo, pensando a aula como o espaço onde se processa a relação entre o estudante, o professor e o conhecimento. Entretanto, nas observações das aulas identificou-se que a maior preocupação era em transmitir os conteúdos. Entende-se, portanto, que os participantes demonstravam conhecer as teorias que embasavam as relações de ensino e aprendizagem construtivistas, todavia, na prática, não conseguiam desenvolver procedimentos que encaminhassem os estudantes a construírem seus próprios conhecimentos. Assim, ficou perceptível que a apropriação do discurso, presente no cotidiano acadêmico, não assegura, necessariamente, mudanças nas práticas escolares. 

Palavras-chave

Aula de Geografia, Concepções e práticas, Estágio de regência.


THE LESSONS OF THE UEFS GEOGRAPHY TRAINERS: conceptions and practices

Abstract

This scientific paper investigated the classes developed by the Geography teacher internship program students from UEFS in the perspective of understanding the articulation between their theoretical conceptions and the practices developed during the teacher internship period in the schools between the semesters of 2013.2 and 2014.1.  For that, it was developed the following procedures:  bibliographical survey about the teaching and learning conceptions; observation of six lessons of each one of the three of participating interns; interviews with twenty-six interns of the Geography III Supervised Internship Program. The study was grounded in the qualitatives research approaches, having as method the case study. The comprehension achieved was that most of the investigated future teachers claims to seek to develop a constructive teaching, considering the class as a space were the relationship between the students and the teachers and these and the knowledge is processed. However, in the observations of the classes it was found that their biggest concern was with the transmission of knowledge. The interns demonstrated to well know the theories that based the constructivist teaching-learning relations, however, in practice they could not develop the procedures that would forward the students to construct their own knowledge.  Thus, it became clear that the appropriation of discourse, present in academic everyday life, does not necessarily guarantee changes in school practices.

Keywords

Geography lesson, Conceptions and practices, Stage of regency.


ISSN: 2236-3904

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO EM GEOGRAFIA - RBEG

www.revistaedugeo.com.br - revistaedugeo@revistaedugeo.com.br


Palavras-chave


Aula de Geografia; concepções e práticas; estágio de regência.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.