AS CARTOGRAFIAS SUBVERSIVAS E AS POSSIBILIDADES DE DIÁLOGO COM A (GEO)POLÍTICA:

contribuições para a emancipação na formação em Geografia

Autores

  • Dayana Aparecida Marques de Oliveira Cruz Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.46789/edugeo.v10i19.691

Resumo

Este texto busca apresentar a cartografia subversiva como metodologia utilizada nas aulas de Cartografia no curso de licenciatura em Geografia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar/Sorocaba), ressaltando sua contribuição para a formação cidadã e interdisciplinar, bem como para o protagonismo e emancipação do indivíduo. Ao questionar as bases da cartografia tradicional e ao mesmo tempo refletir sobre as ideologias e os objetivos das representações cartográficas, a cartografia subversiva permite inúmeras possibilidades de diálogo interdisciplinares e temáticos, partindo do conhecimento do indivíduo para a interpretação das dinâmicas contemporâneas, ligadas dentre outros fatores à (geo)política.

Palavras-chave

Geografia, (Geo)política, Cartografia subversiva, Mapa

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2020-07-24

Como Citar

Marques de Oliveira Cruz, D. A. . (2020). AS CARTOGRAFIAS SUBVERSIVAS E AS POSSIBILIDADES DE DIÁLOGO COM A (GEO)POLÍTICA:: contribuições para a emancipação na formação em Geografia. Revista Brasileira De Educação Em Geografia, 10(19), 629-640. https://doi.org/10.46789/edugeo.v10i19.691