APRENDIZAGEM DE PRINCÍPIOS GEOÉTICOS UNIVERSAIS, COMPETÊNCIA COMUNICATIVA E ESTÁGIOS DE DESENVOLVIMENTO MORAL

Autores

  • Rosalvo Nobre Carneiro Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.46789/edugeo.v10i20.792

Resumo

As teorias de Jurgen Habermas têm ampla aceitação nas ciências. No entanto, a Geografia constitui uma exceção. Verificou-se raras ocorrências a partir do levantamento das fontes em bases de dados sobre a inserção de seu pensamento nas discussões sobre a educação geográfica. Deste modo, objetivou-se analisar a relação entre os estágios do desenvolvimento moral, o desenvolvimento da competência comunicativa e a aprendizagem por princípios éticos e morais universais. Partiu-se da constatação, diante da própria prática docente, do baixo grau de interação comunicativa dos graduandos em discussões de sala de aula e durante a vida acadêmica e, por conseguinte, da necessidade formativa dos educandos mediada pela construção da identidade do Eu pós-convencional para a garantia do exercício da cidadania. A dimensão geográfica da mencionada relação resulta pertinente para a Geografia promover a aprendizagem da espacialização e da espacialidade humana e social, centrada na construção de princípios geoéticos universalistas, a exemplo da justiça espacial, da igualdade espacial dos direitos humanos, do respeito à dignidade dos seres humanos e das suas origens geográficas como fundamentais para a formação cidadã.

PALAVRAS-CHAVE

Estágios de desenvolvimento moral, Aprendizagem, Ação comunicativa, Educação Geográfica, Geoética.

 

LEARNING OF UNIVERSAL GEOETHICAL PRINCIPLES, COMMUNICATIVE COMPETENCE AND STAGES OF MORAL DEVELOPMENT

ABSTRACT

Jurgen Habermas’s theories are widely accepted in general sciences. However, Geography is an excepetion. Rare occurrences were verified from the survey of sources in databases on the insertion of his thinking in discussions about geographic education. Thus, the aim was to analyze the relationship between the stages of moral development, the development of communicative competence and learning by universal ethical and moral principles. It was based on the observation, in view of the teaching practice itself, of the low degree of communicative interaction of the students in classroom discussions and during academic life and, consequently, of the students' formative need mediated by the construction of the post- to guarantee the exercise of citizenship. The geographical dimension of the aforementioned relation is relevant for Geography in order to promote the learning of human and social spatialization and spatiality, both centered on the construction of universalist geoethical principles, such as spatial justice, spatial equality of human rights, respect for the dignity of beings and their geographic origins as fundamental to citizenship formation.

KEYWORDS

Stages of moral development, Learning, Communicative action, Geographic Education, Geoethics.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

Nobre Carneiro, R. (2020). APRENDIZAGEM DE PRINCÍPIOS GEOÉTICOS UNIVERSAIS, COMPETÊNCIA COMUNICATIVA E ESTÁGIOS DE DESENVOLVIMENTO MORAL. Revista Brasileira De Educação Em Geografia, 10(20), 498–519. https://doi.org/10.46789/edugeo.v10i20.792