AULA DE CAMPO NO ENSINO DE GEOGRAFIA:

uma visão pela literatura científica brasileira

Autores

  • Aline Mattos de Souza Marques Instituto Federal do Espírito Santo
  • Marina de Souza Mota Instituto Federal do Espírito Santo
  • Maria Alice Veiga Ferreira de Souza Instituto Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.46789/edugeo.v10i20.887

Resumo

Aula de campo é uma importante ferramenta utilizada por professores brasileiros em diversos níveis de ensino. Essa relevância despertou interesse de autores em investigar seu potencial como recurso didático e o nosso, especificamente, em conhecer como esse tema é tratado no ensino de Geografia em espaços não-formais. Assim, realizamos uma revisão bibliográfica nas plataformas Google Acadêmico, Scielo e Periódicos Capes, considerando o período de 2010 a 2019, com os descritores: aula de campo, espaços não-formais, Geociências, Geografia, ensino. Os trabalhos abordaram dificuldades inerentes à preparação e realização de aulas de campo, como falta de recursos e apoio da direção. Além disso, apontam a importância do campo no processo de ensino-aprendizagem de Geografia e a interdisciplinaridade proporcionada por esta prática. As bibliografias destacam também o papel da aula de campo na formação dos professores. Pesquisas apontaram a relação do campo e conteúdos curriculares da Geografia ao cotidiano dos estudantes, ampliando sua visão crítica do mundo. Este trabalho considera potencialidades, complexidades, metodologias de organização e dificuldades para a utilização deste recurso metodológico, além da necessidade da presença desta temática no processo de formação de profissionais de Geografia e outras áreas que podem se apropriar do campo como parte de suas práticas.

PALAVRAS-CHAVE

Aula de campo, Espaços não-formais, Geociências, Geografia, Ensino.

 

FIELD CLASS IN GEOGRAPHY TEACHING: a view from scientific literature

ABSTRACT

Field trip is an important tool used by Brazilian teachers at various levels of education. This importance aroused the interest of several authors in investigating its potential as a didactic resource and ours, specifically, in knowing how this topic is treated in the teaching of Geography in non-formal spaces. Thus, we performed a bibliographic review on Google Scholar, “Scielo” and “Periódicos Capes” platforms, considering the period between 2010 and 2019, and with the descriptors: field trip, non-formal spaces, Geosciences, Geography, teaching. Research addressed the difficulties inherent in preparing and conducting an outdoor class, such as lack of resources and support from school administration. In addition, they point out the importance of conducting outdoor education in the Geography teaching- learning process and the interdisciplinarity provided by field practice. Bibliographies also refers to field trip’s role in teacher’s training process. The research relates the curricular content of Geography with the students' daily, expanding their critical view of the world. This paper considers the potentialities, complexities methodologies of organization, difficulties for the use of this methodological resource, besides the need for presenting this theme in the process of training professionals in Geography and other areas that may appropriate field trips as part of their activities.

KEYWORDS

Field trip, Non-formal space, Geosciences, Geography, Teaching.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Mattos de Souza Marques, Instituto Federal do Espírito Santo

Mestranda em Educação de Ciências e Matemática (Educimat-Ifes) pelo Instituto Federal do Espírito Santo, Brasil.

Marina de Souza Mota, Instituto Federal do Espírito Santo

Mestranda em Educação de Ciências e Matemática (Educimat-Ifes) pelo Instituto Federal do Espírito Santo, Brasil.

Maria Alice Veiga Ferreira de Souza, Instituto Federal do Espírito Santo

Doutora em Psicologia da Educação Matemática (Unicamp); Pós-doutora em Resolução de Problemas de Matemática (Universidade de Lisboa – Portugal) e em Números Racionais (Rutgers University - Newark - United States of America); Professora e pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Educação de Ciências e Matemática (Educimat-Ifes).

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

Mattos de Souza Marques, A., de Souza Mota, M., & Veiga Ferreira de Souza, M. A. (2020). AULA DE CAMPO NO ENSINO DE GEOGRAFIA:: uma visão pela literatura científica brasileira. Revista Brasileira De Educação Em Geografia, 10(20), 357–372. https://doi.org/10.46789/edugeo.v10i20.887